Adoção de cães adultos e idosos



Eu não lembro se a minha primeira família me comprou ou me adotou, pois eu ainda era muito filhote; mas eu sei que logo depois o papis e a mamis me adotaram. Já no caso da minha irmã, ela já tinha três anos quando foi adotada pela nossa família.


Todos sabem que quando as pessoas pensam em adotar um cão, logo vêm à cabeça um filhotinho; elas ficam encantadas por doguinhos tão pequenos e desengonçados, que arrancam ainda mais suspiros quando estão dormindo. Mas, como visto anteriormente, junto com toda essa fofurice, vem também a parte mais complicada: filhotes costumam comer móveis e sapatos, ainda não sabem fazer as necessidades no local e costumam chorar bastante quando deixados sozinhos em casa.


Então, se você deseja muito um melhor amigo para te fazer companhia mas quer pular esta “etapa”, uma boa saída é adotar um cão com mais idade. Eles costumam ser dóceis, amorosos, brincalhões e eternamente gratos por ganharem um novo lar, já que muitas vezes costumam ser os últimos a serem levados dos abrigos e ONGs de proteção animal.


Infelizmente os cães idosos nem sempre estão no topo da lista da adoção em função de patologias e até por não oferecem um tempo de vida muito longo ao lado de seus novos tutores que, temendo morte prematura, acabam escolhendo cães mais jovens.


Um dos benefícios de se adotar um cão de mais idade - aqueles que tem olhos opacos e pelos brancos até no focinho - é o reconhecimento que eles têm por quem os recebem. Por não terem mais tanta disposição a brincadeiras, eles tendem a ficar horas deitados embaixo dos seu pés sem ficar pedindo para ir para a rua o tempo todo ou latindo para quem passa na calçada.


Além disso, esses cães podem ser acariciados sem grandes receios de terem um ataque inesperado contra crianças, isso porque seus reflexos são mais lentos e a idade trouxe um temperamento mais dócil, por isso podem ser um companheiro mais seguro quando o assunto são filhos menores.


Pessoas mais idosas também tendem a ter um bom relacionamento com cães na mesma situação cronológica, porque ambos se permitem repouso e relaxamento sem culpa.


Se o assunto é companhia, cães mais velhos têm muito a oferecer a seus novos companheiros. O ônus dessa amizade fica, sim, por conta de cuidados especiais que variam desde caminhadas sem grandes esforços até aplicação diária de medicação. Não é raro, em cães idosos, distúrbios da visão, diabetes, problemas cardíacos e de locomoção, mas isso não isenta cães jovens de serem portadores de patologias também, embora estatísticas mostrem, de longe, que os mais velhos têm mais chance de adoecer se comparado aos animais novos.


Quando você adota um animal mais velho, você não está apenas recebendo uma vida em sua casa, você está também salvando uma vida preciosa.


As vantagens de adotar um cão idoso são inúmeras. Mas se, por algum motivo, você fica com medo pensando nos poucos anos que ele poderá viver e na saudade que vai deixar, pense na oportunidade que você tem de fazer estes mesmos anos os mais incríveis da vida dele (e da sua também)!


Você também pode fazer parte de uma das valiosas ações no processo de adoção definitiva cedendo um lar temporário. Por um período, você oferecerá seu espaço, cuidados e amor ao cão, enquanto conta com os esforços de ONGs, abrigos, e estabelecimentos veterinários para encaminhá-lo à adoção definitiva. Entre em contato com alguma ONG e se informe mais sobre o processo de lar temporário.


Esse é um sistema que ajuda muito a tirar animais da rua. Como os abrigos estão lotados, as instituições precisam contar com outros locais para que o cão aguarde seu novo lar. E nada melhor do que um lar de verdade, onde ele já vai ser preparado para sua nova família, com alimentação regular, cuidados gerais e educação que certamente aumentarão as chances de ele ser adotado.


Oferecer lar provisório ajuda efetivamente um cão abandonado, pois você certamente criará um atalho para sua adoção. Isso se ele não te conquistar primeiro e seu lar provisório não se transformar em definitivo. :)


No próximo post vamos conhecer o Teste de Volhard; nome estranho né? Mas pelo que o meu papis disse, esse teste é muito importante e útil no momento de escolher o doguinho ideal para a família. Até o próximo post!


Se você precisa de ajuda profissional com o comportamento do seu cão, entre em contato com a gente. Atendemos presencialmente em Santo André e São Bernardo do Campo (SP) e online para qualquer lugar do mundo. Confira a nossa página de Serviços para mais informações.


Quer saber mais sobre adestramento de cães e comportamento canino? Confira a seção Cursos do nosso site e faça a sua matrícula. Os cursos são online, com certificado, com suporte online integral realizado por um especialista em comportamento canino, e são teóricos (texto, imagens e infográficos), de forma que você pode ler e consultar conforme a sua disponibilidade.