O primeiro contato




A primeira vez que eu interagi com o meu profe foi diferente do que imaginava, pois geralmente nesse momento, quando um humano vê um filhote, exclama com a mesma voz fina que costuma usar ao falar com bebês. Dessa maneira ele se apresenta usando não apenas a comunicação vocal, mas também a sua emoção; e o que para nós, os cães, é um sinal negativo e de fraqueza. O que os humanos fazem é projetar energia emocional e animação, que é o mais distante que podem chegar da energia calma e assertiva de um líder.

Logo depois o humano costuma se aproximar do cão, e não o contrário. Corre até ele, se abaixa e faz carinho. Nesse momento, o cão percebe claramente que o humano foi em sua direção e, com isso, recebe a mensagem de que ele é o líder e o humano o seu seguidor.


Pessoal, agora vamos rever a situação do primeiro encontro usando a psicologia canina, e não a humana. Os cães nunca se aproximam uns dos outros cara a cara, a menos que estejam se desafiando. E os líderes nunca se aproximam dos seguidores; é sempre o contrário que acontece. Existe como uma etiqueta no mundo canino que estabelece que, ao encontrar um cão, o humano não deve olhá-lo nos olhos, mas manter a energia calma e assertiva e permitir que o animal se aproxime.


Ao cheirá-lo, ele sente não apenas seu odor, mas também toda a energia que a pessoa está projetando. Pode ser que o cão não fique interessado nela ou se afaste à procura de cheiros mais interessantes. Ou pode decidir continuar a descoberta. Apenas quando o cão decide iniciar contato, esfregando-se na pessoa ou empurrando-o com o focinho, é que o carinho deve ser oferecido.


Às vezes, após examinar uma nova pessoa, o cão pode perder o interesse e se afastar. Naturalmente, uma pessoa que gosta de animais tentará tocá-lo e oferecer carinhos para que ele volte. Para alguns cães, essa atitude pode ser vista como um avanço indesejado e pode causar uma mordida.

Permitir que um cão sinta o seu cheiro antes de estabelecer contato visual ou antes de falar com ele é uma maneira de conquistar sua confiança desde cedo.


Os cães vivenciam o mundo por meio do olfato, da visão e, depois, do som - nessa ordem. É vital lembrar isso para se comunicar corretamente com nós. Nunca se esqueça desta sequência: focinho, olhos e ouvidos.


Resumindo, o meu primeiro contato com o meu profe foi muito legal e divertido. Ganhei muito carinho e também alguns petiscos! Já gostei desse humano com camisa laranja. :)


No próximo capítulo vou contar tudo sobre como ensinar o seu cãozinho a fazer as necessidades no local correto! Será o primeiro episódio de uma série especial de quatro posts sobre os problemas comportamentais caninos mais comuns em filhotes. Não perca!

Se o seu doguinho também apresenta problemas comportamentais e você precisa de ajuda profissional, entre em contato com a gente. Atendemos presencialmente em Santo André e São Bernardo do Campo (SP) e online para qualquer lugar do mundo. Confira a nossa página de Serviços para mais informações.


Quer saber mais sobre adestramento e comportamento canino? Confira a seção Cursos do nosso site e faça a sua matrícula. Os cursos são online, com certificado, com suporte online integral realizado por um especialista em comportamento canino, e são teóricos (texto, imagens e infográficos), de forma que você pode ler e consultar conforme a sua disponibilidade.