Limpeza das patas



Passear com o cachorro já faz parte da rotina dos tutores, e é bastante comum que as patas do cão fiquem sujas, principalmente se o passeio foi em um parque ou em outro local com terra ou lama.


As patas caninas tem contato com várias substâncias e micro-organismos durante o passeio na rua: bactérias, vírus, parasitas (como pulgas e carrapatos), fezes de animais e outras secreções, que podem ou não estar contaminadas. Além de prejudicar a saúde do próprio animal, tudo isso pode levar problemas para os humanos também e, ainda por cima, sujar toda a casa.


Lembre-se também que os cachorros têm o hábito de levar as patas à boca com frequência, então você precisa sempre se certificar que essa área do corpo esteja bem limpa. Por isso é muito importante limpar as patas dele ao voltar para casa!



Maneiras mais comuns de higienizar as patas


Existem muitas formas de limpar as patas do seu cão após os passeios. Agora vamos listar as mais comuns e eficientes:


A dica mais simples e certeira é usar água e sabão (preferencialmente o de coco), que é uma combinação bem neutra e eficiente para eliminar os germes.


Lenços umedecidos também é uma ótima opção para higienizar as patas após o passeio. A limpeza com lenços umedecido é bem simples e rápida, você deve passar o lenço limpo nos coxins (as famosas almofadinhas), entre os dedos e unhas.


Além disso, atualmente é possível encontrar antissépticos para cães (que são dissolvidos na água e usados para a limpeza das patinhas). Já existe no mercado um produto chamado “limpa-patas”, com a composição certa para remover até as sujeiras mais difíceis. Para fazer a higienização correta, utilize a solução limpa-patas com o auxílio de um pano ou algodão.


Já ouviu falar no copo limpador de patas?


Ele contém várias cerdas de silicone que são macias e espessas para suavemente retirar a sujeira, assim deixando os resíduos dentro do recipiente.


Muito simples e fácil de usar, você só precisa adicionar um pouco de água e inserir uma das patinhas do cão, depois é só movimentar o copo para cima e para baixo (ou lateralmente) até sair toda a sujeira. O ideal é que seja usado com um shampoo para cães, assim a limpeza é mais eficiente.



Evite álcool em gel e outros produtos tóxicos


Alguns tutores acreditam que o álcool em gel é inofensivo e serve para eliminar os microrganismos das patas dos cães. No entanto, esse produto pode causar reações alérgicas e acarretar em problemas de saúde mais graves. Além do álcool, evite também produtos com cloro, água sanitária ou misturas com cheiro muito forte.


Outros cuidados importantes


Além de saber como higienizar patas do cachorro depois do passeio, outros cuidados também são necessários para manter essa parte do corpo sempre saudável.


- O ideal é que a limpeza seja feita em toda a região da pata do cãozinho, e não apenas na área inferior dos coxins;


- É fundamental ter cuidado para não deixar nenhuma parte da pata úmida, pois isso pode acarretar em problemas dermatológicos, como a dermatite canina;


- Se o seu cão possui alguma alergia ou outro problema de pele, a melhor dica é conversar com o veterinário que acompanha o caso para que ele possa indicar o melhor método de higienização das patas;


- Como alguns cães tem mais sensibilidade ao toque na região das patas, você pode usar petiscos como recompensa;


- Cortar os pelos que crescem em volta dos coxins, por exemplo, é uma medida fundamental para prevenir o acúmulo de sujeiras na região;


- Outro ponto muito importante é cuidar das unhas do cão: elas precisam ser aparadas regularmente, principalmente o ergot;


- Quando as patas estão cobertas de sujeira, pode ser difícil notar qualquer ferida. Aliás, as regiões que estão constantemente sujas podem acabar inflamadas ou desgastadas;


Não use sapatos caninos!


Alguns tutores optam em colocar sapatos em seus cães durante o passeio, porém é preciso tomar muito cuidado, pois isso pode causar hipertemia (aumento da temperatura corporal). Não se esqueça que os cães transpiram principalmente pela boca (arfando, com a língua de fora) e pelos coxins. Ao vedar essa região, as meias e os sapatos dificultam a perda de calor através da transpiração.


Agora, se o intuito é proteger as patas do calor, basta evitar passeios em horários de maior incidência solar.


De qualquer maneira, o ideal é respeitar a natureza do seu cão!



__________________________________________________________________________________


Se o seu cão apresenta problemas comportamentais e você precisa de ajuda profissional, entre em contato com a gente. Atendemos presencialmente em Santo André e São Bernardo do Campo (SP) e online para qualquer lugar do mundo. Confira a nossa página de Serviços para mais informações.Quer saber mais sobre adestramento de cães e comportamento canino? Confira a seção Cursos do nosso site e faça a sua matrícula. Os cursos são online, com certificado, com suporte online integral realizado por um especialista em comportamento canino, e são teóricos (texto, imagens e infográficos), de forma que você pode ler e consultar conforme a sua disponibilidade.

Posts Relacionados

Ver tudo