Cães e moradores de rua: o amor mais sincero que existe



Perambulando nas calçadas, dormindo sob marquises e empurrando carrinhos abarrotados de material de reciclagem. Uma vida dura, mas nunca só. Assim se sentem as pessoas em situação de rua que têm, nos seus animais de estimação, companheiros para todos os dias.


A brutalidade da situação dos desabrigados se une à forma especial com que cachorros se relacionam com humanos para criar uma conexão emocional e psicológica surpreendente, que muitas vezes salva a vida de ambos.


Uma vez que um cão cria uma relação estreita com um tutor, seu carinho e lealdade são inquebráveis.


Ao contrário de nós, os cães não julgam as pessoas que estão com pouca sorte ou desabrigadas. Eles são os seres mais leais que podem existir, e amam e protegem aqueles que os tratam bem.


A proteção é apenas uma das facetas da relação mantida entre aqueles que vivem nas ruas e seus animais. Além de guardarem seus tutores dos perigos, os cães se mostram seus companheiros inseparáveis. São muitas vezes considerados por essas pessoas como o único ser vivo no qual podem confiar plenamente. Em troca de todo o carinho e amor que recebem, eles dedicam a seus amigos humanos um grau de lealdade que parece não ter limites.


Quem vive nas ruas sofre uma condenação implícita e constante. Os moradores de rua sabem exatamente o que a sociedade pensa deles, e receber uma quantidade tão grande de amor, afeto e apreço pode significar uma mudança de vida.


Além disso, os cães normalmente são os catalisadores que os libertam de comportamentos autodestrutivos como abuso de álcool ou drogas, ou atenuam a depressão e reprimem a vontade de se suicidar.



Eles são companheiros inseparáveis, por isso muitas vezes quando o tutor vai para o hospital, os cães seguem a ambulância e ficam até dias na porta do hospital à sua espera. No trato com a comida é que a intensidade da relação homem/animal nas ruas fica mais evidente. É comum um morador de rua ganhar um pão e, mesmo com fome, dividi-lo com seu cachorro; assim como também é comum ver uma pessoa com a roupa suja ou rasgada, mas sentado perto de um cachorro limpinho e bem tratado. O moradores de rua podem até não ter acesso a boas rações e aos luxos dos pet shops, mas com certeza amor é o que não falta.


A profunda relação formada entre essas pessoas e seus cachorros é diferente de qualquer outra; enquanto elas oferecem aos cães o pouco que tem e dão muito carinho, muitos tutores de diferentes classes sociais abandonam friamente seus cãezinhos.



Quer ajudar os moradores de ruas e seus cães?


Toda pequena ação tem um impacto muito grande na vida das pessoas e dos cães em situação vulnerável. Ajudar com doações de alimentos, mantas, roupas, remédio é sempre muito bem-vindo. Assim como levar um pacote ou saquinho de comida ou ração, água fresca, roupa de frio, caminha ou até mesmo pagar por uma consulta veterinária ou banho/tosa, pode ajudar muito esses animaizinhos.



Definitivamente a expressão “lealdade canina” não surgiu sem motivo; os cachorros são capazes de nutrir por seus tutores um amor tão poderoso que resiste ao tempo e às adversidades da vida. E esse post é uma homenagem a eles, que amam e ficam com seus tutores sem teto, não importa o que aconteça.


Os cães não se importam com casas luxuosas, nem com a roupa que você veste. O que importa para ele é estar sempre ao seu lado; e se você tem um doguinho, você é a pessoa mais rica do mundo!


__________________________________________________________________________________


Se o seu cão apresenta problemas comportamentais e você precisa de ajuda profissional, entre em contato com a gente. Atendemos presencialmente em Santo André e São Bernardo do Campo (SP) e online para qualquer lugar do mundo. Confira a nossa página de Serviços para mais informações.Quer saber mais sobre adestramento de cães e comportamento canino? Confira a seção Cursos do nosso site e faça a sua matrícula. Os cursos são online, com certificado, com suporte online integral realizado por um especialista em comportamento canino, e são teóricos (texto, imagens e infográficos), de forma que você pode ler e consultar conforme a sua disponibilidade.