Gestação canina



Saber da chegada de novos filhotinhos é um momento muito especial para toda a família, mas ao mesmo tempo, é também um momento de muitas dúvidas; entre elas, saber quanto tempo dura a gestação de uma cadela e quais os cuidados necessários ao longo desse processo.


Por isso é muito importante conhecer as particularidades desse período tão delicado e assegurar a saúde da futura mamãe e dos bebês!


Embora a fisiologia da reprodução seja bastante semelhante à dos seres humanos, o início da vida reprodutiva e o tempo de gestação são bem diferentes, sendo que nas cadelas é muito mais curto, em média apenas 63 dias (depende sempre da raça, do porte e da saúde da cachorrinha) sendo dividido em três fases, cada um com aproximadamente 21 dias.


O veterinário pode confirmar uma gravidez por meio de um "teste de gestação canina", que mede os níveis hormonais. Confirmada a gestação da cadela por meio do ultrassom, ele fará um check-up nela, dando início ao pré-natal, que inclui um exame ultrassonográfico (com aproximadamente 20 dias), que avalia a viabilidade dos fetos, e a radiografia (com aproximadamente 45 dias de gestação), que nos permite saber quantos são os filhotes e em que posição estão.

Embora existam alguns sinais externos, como a barriga proeminente, é difícil descobrir se uma cadela está prenhe, especialmente nos estágios iniciais, pois os sinais mais perceptíveis geralmente não aparecem até a terceira ou quarta semana da gestação. Por isso é fundamental prestar a atenção nos hábitos do animal; as fêmeas prenhes costumam ter redução de apetite, inchaço das mamas e mudanças de comportamento.


Durante todo esse período é importante realizar o acompanhamento veterinário, criar um ambiente seguro e fornecer cuidados especiais para a futura mamãe!


Não é incomum que o médico veterinário receite suplementos ou dietas especiais para ela, pois durante a gestação suas necessidades nutricionais irão mudar. Além de aumentar a quantidade de alimento, é preciso fornecer ração rica em cálcio para auxiliar na formação dos filhotinhos.


Apesar das orientações serem diferentes de acordo com o estado geral de cada cadela, de maneira geral, alguns cuidados são essenciais, como:


Alimentação: Oferecer somente ração de qualidade e seguir a quantidade e frequência recomendada pelo veterinário, além de manter o animal sempre hidratado.


Ambiente: O ambiente em que vive uma cadela prenha deve ser o mais tranquilo e livre de estresse possível.


Esforço: O animal não poderá fazer tanto esforço durante a gravidez, portanto as atividades físicas deverão ser mantidas, mas em uma duração e intensidade menor.


Cuidados veterinários: É importante respeitar o calendário de visitas ao veterinário e manter a carteirinha de vacinação e de vermifugação atualizada.


Salvo quando algo não vai bem, o parto canino costuma acontecer em casa mesmo, sem a necessidade de assistência especializada. Por isso é importante preparar um lugar quieto, seguro, quente e sem ventania, para a proteção tanto da mãe quanto dos filhotes.


Você pode providenciar uma caixa de papelão para servir de toca (com toalhas limpas) e manter água e alimentos por perto; além de deixar o ambiente sempre bem limpo e higienizado.


Teoricamente, o parto está dividido em três fases: relaxamento e dilatação; expulsão do feto; e expulsão da placenta. Sempre que a cadela demonstrar sofrimento durante o parto, o tutor deve procurar imediatamente uma clínica veterinária!


Após o parto, é normal que a mãe não deixe ninguém chegar perto dos filhotes, portanto respeite seu tempo e espaço e deixe água e comida sempre disponíveis por perto.

Os filhotes devem ser levados ao veterinário para que um especialista verifique se eles estão bem ou se ocorreu alguma má-formação que vá comprometer a saúde deles.


Também é essencial garantir que eles recebam alimentação adequada para um desenvolvimento saudável, além de observar se a mãe está fornecendo leite nos primeiros 30 dias pós-parto. O ideal é que esse leite seja fornecido até os 40 dias de vida, porém a partir do décimo segundo dia já podem ser dadas papas nutritivas.


A prática de exercícios físicos é essencial para que a cadela volte ao peso normal, além de diminuir o estresse e os comportamentos agressivos e preparar a cadela para se separar dos filhotes.


Importante! Com a conscientização sobre a importância da castração para a saúde dos cães, é cada vez mais difícil ouvirmos algo sobre a gestação de cachorro em casa, mas caso você queira cruzar a sua cadela, é importante tomar todas as precauções, como não realizar cruzamento consanguíneo (acasalar animais da mesma família), verificar histórico de doenças genéticas na linhagem e realizar exames de rotina previamente para garantir a sanidade dos animais.


__________________________________________________________________________________


Se o seu cão apresenta problemas comportamentais e você precisa de ajuda profissional, entre em contato com a gente. Atendemos presencialmente em Santo André e São Bernardo do Campo (SP) e online para qualquer lugar do mundo. Confira a nossa página de Serviços para mais informações.Quer saber mais sobre adestramento de cães e comportamento canino? Confira a seção Cursos do nosso site e faça a sua matrícula. Os cursos são online, com certificado, com suporte online integral realizado por um especialista em comportamento canino, e são teóricos (texto, imagens e infográficos), de forma que você pode ler e consultar conforme a sua disponibilidade.

Posts Relacionados

Ver tudo