Inteligência canina x dominação do mundo



Criada por Justin Roiland e Dan Harmon, Rick & Morty é uma série animada de comédia que mostra as aventuras interdimensionais de Rick, a mente mais brilhante da galáxia, e seu neto Morty.


Com sua arma capaz de criar portais para viajar no tempo-espaço, Rick leva Morty para explorar todas as absurdas formas de vida que o universo é capaz de sustentar. Entre momentos hilários e reflexões interessantes sobre a vida, Rick & Morty arranca gargalhadas e ainda rende ótimas discussões filosóficas.


No segundo episódio da primeira temporada, “Cãortador de grama” (Lawnmower Dog), a trama gira em torno do cachorrinho da família, Snuffles.



Ao fazer xixi no tapete, o pai de Morty pede a Ricky que ele faça com que Snuffles seja mais inteligente. Ricky, em segundos, faz um capacete (amplificador cognitivo) que induz o cão a obedecer qualquer comando (inclusive aprender a fazer as necessidades no banheiro e dar descarga depois).


Logo depois Ricky e Morty vão embora para uma missão; entrar no sonho do professor de matemática de Morty para

plantar um ideia em seu subconsciente e dar sempre 10 para ele. Para isso, eles usarão um dispositivo que será colocado no ouvido do professor; fazendo referência aos filmes "A Origem" (Inception) e "A Hora do Pesadelo" (A Nightmare on Elm Street).


Enquanto isso, a família fica tão surpresa que começa a tirar proveito da situação, fazendo Snuffles trazer objetos e servir de banco para apoiarem os pés. Mas o cãozinho começa a demonstrar incomodo com a situação e tenta dizer alguma coisa; porém ninguém se importa ou o ajuda.


Ao parar em frente ao vidro da porta, Snuffles mexe em seu capacete e consegue abrir um compartimento com capacidade para cinco pilhas, mas ele repara que tem apenas uma pilha sendo usada.



Momentos depois ele aparece na sala com uma estrutura conectada ao capacete, com uma cauda mecânica com garras e um dispositivo que traduz seus pensamentos em palavras. Apesar de intimidador, Snuffles ainda demonstra inocência e doçura, dizendo que queria apenas ser entendido pelos humanos.


Surpreso, a reação de Jerry (pai de Morty) é tentar retirar o capacete de Snuffles, porém Summer (irmã de Morty) não deixa, dizendo que ele não pode dar para uma criatura a capacidade de sentir e depois tirar isso dela.



Snuffles então senta no sofá e usa o controle remoto para trocar o canal da televisão. Ele começa a assistir (claramente incomodado) um documentário sobre lobos e cães selvagens; de como eram predadores habilidosos e ao, serem domesticados, se tornaram submissos, inofensivos e menosprezados.


Durante a noite, enquanto Summer dormia, ela acorda assustada ao ver que Snuffles ”evolui” e agora está usando um exoesqueleto conectado ao capacete.



Snuffles questiona Summer sobre ter sido castrado e quando ela o chama pelo nome, ele dá um soco no espelho e diz 7que Snuffles era o seu nome de escravo, e que agora deveria ser chamado de “Bola de neve” (pois seu pelo é bonito e branco).


Enquanto conversam, os pais de Summer entram no quarto e Snuffles Bola de neve pergunta se Jerry veio esfregar xixi em seu focinho de novo. Como a situação é muito intimidadora, todos disfarçam e tentam sair do quarto para evitar confrontar Bola de neve, mas nesse momento aparece outro cachorro (usando o exoesqueleto) impedindo que eles saíssem. Bola de neve diz que "eles vão passear quando for a hora de passear".


Algum tempo depois é possível ver que já existem outros cães usando outros exoesqueletos e que foi construída uma esteira industrial para facilitar a produção da estrutura. Enquanto isso os humanos estão dentro de uma gaiola. Ao demonstrar insatisfação pela situação, Bola de neve diz a Jerry que se ele continuar agressivo ele passará por um procedimento cirúrgico para deixá-lo mais calmo (castração).



Todos os humanos são levados para fora da casa e presos com uma corrente no pescoço, mas são soltos por Rick e Morty, que retornam da missão e que se espantam com a casa cheia de cães robotizados.


Ricky suspeita que Snuffles tenha desenvolvido consciência própria e modificado o amplificador cognitivo que ele inventou, se rebelando contra a família ao potencializar a sua inteligência e descobrir sobre a submissão dos cães e a crueldade humana para com a sua espécie.


Segundo ele, a única chance de sobrevivência deles e correr e tentar se esconder nos esgotos antes que os cães tomem o controle absoluto de tudo. Jerry se nega a fugir e deixar sua casa, mas Ricky diz que o objetivo dos cães é dominar o mundo, mas que pelo menos agora eles não fariam xixi no tapete...



Jerry então tem uma ideia; ele entra em casa e, após chamar a atenção de todos os cães, abaixa sua calça e começa a fazer xixi na sala, mas Bola de neve esfrega o rosto de Jerry no chão imediatamente e pede que Morty se aproxime.


Como Morty sempre foi gentil com ele, não só não será castrado como a partir desse momento será o seu melhor amigo e viverá com ele. Morty vai até uma caminha e senta para receber carinho de Snuffles Bola de neve. Nesse momento se inicia a “fase 2”!



Imagens em um noticiário mostram o confronto entre os humanos e os “cães robôs”, o que parece ser o fim da era da superioridade humana chegou ao seu fim. Pessoas são obrigadas a usar focinheira, estátuas humanas são derrubadas, esportes foram adaptados para cães assistirem e humanos participarem (como a corrida de cães)... um caos!


Meses depois, enquanto Morty dormia confortavelmente, Ricky aparece e diz que tudo não passou de um sonho. Na noite em que eles foram capturados pelos cães, ele usou o mesmo dispositivo para entrar no sonho do Snuffles; com isso, faz com que Morty fique doente e obrigue Snuffles a cuidar dele. Nesse momento ele acorda e percebe o quão importante o menino é para ele.